A CIRURGIA ROBÓTICA é atualmente a forma mais moderna disponível para o tratamento do câncer de próstata. Essa técnica é uma evolução da Laparoscopia.

A intervenção cirúrgica é realizada por meio de um robô. A máquina reproduz todos os movimentos do cirurgião, com exata precisão, que comanda tudo de um console (similar a um joystick de videogame) próximo à mesa cirúrgica.

É necessário ainda que um segundo cirurgião esteja ao lado do paciente para manusear as pinças e fazer eventuais ajustes (médico auxiliar também Urologista).

As pinças robóticas fazem movimentos 360 graus e conseguem acessar regiões estreitas e angulosas. Por meio de um monitor 3D, os médicos acompanham todo o procedimento com alta definição.

Quais são as cirurgias urológicas podem ser feitas com robô?

Vários procedimentos urológicos podem ser realizados de forma precisa e segura com o auxílio do robô. Esse acesso cirúrgico tem se tornado o acesso de escolha nos principais centros do mundo.

Hoje nos Estados Unidos, Reino Unido e Brasil a expressiva maioria das Prostatectomias Radicais e Nefrectomias Parciais são realizadas com auxílio do robô. Seguem exemplos de cirurgias Urológicas que podem ser realizadas:

  • Prostatectomia radical (tratamento de câncer de próstata)
  • Prostatectomia simples (tratamento de hiperplasia prostática benigna)
  • Nefrectomia radical (tratamento de câncer de rim)
  • Nefrectomia parcial (tratamento de câncer de rim)
  • Cistectomia radical (tratamento de câncer de bexiga)
  • Pieloplastia (correção de estenose de junção uretero-piélica – JUP)
  • Reimplante ureteral (tratamento de estenose e ureter)
  • Uretero-ureteroanastomose (tratamento de estenose e ureter)
  • Linfadenectomia de Retroperitônio (para tratamento de câncer de testículo)
  • Adrenalectomia

Qualquer cirurgião pode realizar cirurgia robótica?

Não. Para um cirurgião ser apto a realização de uma cirurgia robótica ele deve passar por um treinamento específico, em seguida é acompanhado por um Proctor em suas primeiras cirurgias.

Atualmente, a cirurgia robótica é considerada o futuro da medicina, viabilizando procedimentos de alta complexidade. É importante compreender que o robô não conduz nenhum movimento sozinho. Através de um console, o cirurgião é responsável por todos os movimentos executados pelo sistema robótico.

Porém, caso algum movimento imprevisto seja realizado pelo médico, o robô aciona um comando de segurança, travando a máquina provisoriamente, assim como filtra os movimentos do cirurgião, evitando tremor e tornando-os mais delicados. Além disso, se o cirurgião retira o rosto da tela de controle, o aparelho robótico trava de forma automática, evitando possíveis danos ao paciente.

Benefícios para os pacientes da cirurgia Robótica

O alto nível de segurança e precisão do procedimento trazem importantes benefícios aos pacientes:

  • ​Pequenas incisões
  • Menor sangramento e diminuição das taxas de transfusão
  • Menor tempo cirúrgico
  • Menor tempo de internação
  • Menor risco de infecção
  • Diminuição das dores e das complicações pós-cirúrgicas
  • Rápida recuperação no período pós-operatório
  • Retorno mais rápido às atividades diárias

Como a recuperação do paciente após o procedimento é mais rápida, com menos dor e menos complicações, geralmente, o paciente pode voltar a se alimentar no mesmo dia e é recomendado que não permaneça deitado todo o tempo. Caminhar ajuda na recuperação e na volta das funções intestinais.

Segundo evidências científicas, a cirurgia robótica também possibilita uma recuperação mais precoce da continência urinária e da potência sexual.